Pesquize em toda a Web

Litoral Sul da Paraíba vira área de especulação no setor imobiliário

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013


Comprar um imóvel ou terreno já é, há alguns anos, uma oportunidade de investimento rentável. O aumento vertiginoso da demanda por moradia vem alavancando o número de empresas do ramo da construção civil no mercado, fator que só evidencia o forte aquecimento econômico do setor. Além das grandes cidades, as regiões litorâneas, antes lembradas apenas como opção turística, já vêm chamando a atenção de quem vê o ramo imobiliário como uma ótima alternativa de negócio.No Litoral Sul da Paraíba a situação não é diferente. De acordo com informações de profissionais do ramo imobiliário das principais praias da região, alguns terrenos já apresentaram valorização de 50 vezes mais sobre o que custavam há 10 anos, quando a área ainda era pouco explorada. “Um terreno de 360 m², não tão próximo da praia, custava R$ 1.000,00 há dez anos. Hoje, essa mesma aquisição não sai por menos de R$ 50 mil”, exemplificou o corretor da Imobiliária e Construtora Roberto Carlos, Laudemir Belarmino.

Já na beira-mar de Jacumã, essa diferença é também expressiva.
Lá, um terreno de 15m x 30m pode chegar a R$ 300 mil, 15 vezes mais do que há uma década, quando esse valor era em torno de R$ 20 mil. Em Coqueirinho, a variação vai de R$ 25 mil a R$ 350 mil no mesmo período, mas em Pitimbu ainda é possível encontrar áreas por R$ 150 mil próximo à praia.
“O Litoral Sul é agora a bola da vez na especulação imobiliária. Camboinha, por exemplo, não tem mais para onde expandir. Acho que ainda vale a pena comprar terreno nessas praias pois a tendência é que esses valores sigam se elevando”, opinou o corretor e empresário Carlos Passarinho.

Com relação a imóveis já prontos, ele conta que uma casa na beira-mar custa de R$ 70 mil a R$ 1,2 milhão na região. “Há seis meses, vendi uma casa por R$ 900 mil à vista. Hoje, o imóvel já está avaliado em R$ 1,2 milhão”, afirmou, explicando ainda que o custo do metro quadrado de construção varia de R$ 600,00 a R$ 1.300,00 na região, dependendo do material empregado. “A preferência vai mais para os terrenos, pois quem quer construir prefere fazer a seu modo”, disse.
A aproximação do Litoral Sul com o estado de Pernambuco é destacada pela corretora Simonetta Riggio como um dos pontos positivos que vêm elevando as vendas ultimamente. Segundo ela, a procura por casas, apartamentos e terrenos na Century 21 já subiu em torno de 80% nos últimos dois anos.

Estrangeiros na área - “Se procurar bem, o cliente ainda consegue comprar terrenos por uns R$ 15 mil, o que é vantajoso por ser um valor bem abaixo do que em outros estados. Em Pernambuco, a valorização já está acontecendo há muito tempo, por isso muita gente de lá vem procurar terreno aqui, até porque o acesso é muito fácil. Os estrangeiros mesmo estão fugindo de Pipa por causa dos preços e vindo para a Paraíba”, explicou.

Valorização rápida - A empresária do ramo alimentício Edir Fernandes é uma das muitas paraibanas que já perceberam a vantagem do investimento imobiliário no Litoral Sul. Há cinco meses, ela comprou um terreno de 12 m x 30 m a 3 km da praia de Jacumã para esperar uma boa valorização. Por necessidades financeiras, ela teve de vender a área apenas três meses depois, mas garante que o lucro já foi mais do que o esperado.

“Comprei por R$ 30 mil e vendi por R$ 50 mil, pois estava precisando de dinheiro. Achei uma diferença boa para tão pouco tempo. Quem está procurando um terreno agora é minha irmã”, afirmou.
O jornalista Luís Alberto Guedes também está interessado pela região. O problema, para ele, está nos preços.
“Estou procurando ainda um terreno, mas está tudo muito caro. Um a 2 km da praia chega até a R$ 30 mil. Acho que os valores já estão no limite, não está mais dando lucro para quem quer investir".
(Jornal da Paraíba)

0 comentários:

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP