Pesquize em toda a Web

Imoveis: Cresce procura pela casa própria entre jovens casais

sábado, 29 de setembro de 2012



Vendas de apartamentos compactos aumentaram 400% nos últimos cinco anos

O casal Camila Lanna e Marcelo Paiva, que ganhou uma viagem para Miami, está feliz com o apartamento que comprou um ano antes de se casar  (Cláudia Saddi/Divulgação)
O casal Camila Lanna e Marcelo Paiva, que ganhou uma viagem para Miami, está feliz com o apartamento que comprou um ano antes de se casar

Cada vez mais, os jovens que se casam procuram adquirir imóvel próprio, como forma de iniciar uma vida mais segura e sem o ônus do aluguel. A facilidade de crédito e o aumento da qualificação e, como consequência, da renda de pessoas na faixa etária entre 20 e 30 anos, têm incentivado a indústria da construção a oferecer casas e apartamentos que atendam o perfil desse público.

Apesar de maio ser considerado o mês das noivas, dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que setembro é o mês com maior número de registros de casamentos no Brasil. A explicação pode ser a baixa temporada, quando os preços são mais em conta.

As construtoras têm investido em empreendimentos menores, de fácil manutenção, uma vez que, geralmente, ambos trabalham fora e não têm tempo de ficar limpando a casa e cuidando de detalhes domésticos. Felipe Bicalho, gerente financeiro e de operações da Artes Construtora, disse que apostou nesse ramo e registrou um crescimento em torno de 400% nas vendas nos últimos cinco anos. “Trabalhamos com apartamentos de três quartos, em média, e de 80 metros quadrados, atendendo as necessidades desse público. Também priorizamos regiões onde há grande densidade demográfica e escassez de oferta para quem está começando uma vida nova.”

Para essas novas famílias, além da funcionalidade, a localização pesa na hora de fechar o negócio. Estar próximo do trabalho ou da casa dos pais é ponto essencial. É o caso de Camila Lanna e Marcelo Paiva, que escolheram um apartamento no Grajaú, região em que moram seus pais. De brinde, ganharam da construtora uma viagem de lua de mel para Miami, de onde deram entrevista para o Lugar Certo.

RECICLAGEM 

O projeto arquitetônico deve ter algumas considerações, segundo Bicalho. Pesa a questão da separação do lixo, do reaproveitamento da água da chuva e dos equipamentos individualizados de medição de energia elétrica, água e gás. “Eles reconhecem a economia com o passar do tempo. A decoração do apartamento, contando com um quarto de bebê, também pode fazer o diferencial, principalmente para os recém-casados”, afirma Bicalho,.

Segundo o empresário, as pessoas devem planejar a compra do seu primeiro imóvel com tempo suficiente para os ajustes que atendam suas necessidades. “Não se deve deixar para comprar próximo ao casamento, uma vez que há adaptações, como armários ou peças decorativas, além do trâmite da documentação, principalmente se for financiado.”

Para Bicalho, esse é um mercado em ascensão e 80% do público da Artes Construtora é formado por jovens casais, com renda média de R$ 15 mil e com capacidade para dar um sinal significativo, que não onere tanto as despesas com o restante a ser financiado.

De bom tamanho 
Construtoras oferecem alguns serviços e outros mimos para cativar o público jovem, como viagem de lua de mel para o exterior

Um ano antes do casamento, ocorrido dia 15 deste mês, Camila Lanna e Marcelo Paiva começaram a planejar a compra do primeiro imóvel. Depois de priorizar a localização, eles tiveram tempo de preparar a decoração e montar o novo lar com paciência. Deram 20% de sinal numa cobertura no Bairro Grajaú, região em que moram seus pais. Outra característica observada foi o tamanho ideal para duas pessoas que trabalham fora.
Casada há um ano, Mariana Pimenta diz que priorizou a localização e a funcionalidade na hora de comprar o imóvel (Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Casada há um ano, Mariana Pimenta diz que priorizou a localização e a funcionalidade na hora de comprar o imóvel

De brinde, ganharam uma viagem de lua de mel para Miami, oferecida pela construtora. Ainda em viagem, Camila roubou alguns minutos do passeio para contar, por telefone, que a integração da varanda com a cozinha teve influência de peso na escolha do imóvel, uma vez que gosta muito de cozinhar. “Olhamos outros imóveis, tivemos tempo para procurar o ideal e algumas coisas pesaram na decisão final, como a medição individualizada de gás e água e, claro, a lua de mel em Miami.”

Com a economia da viagem, ela pôde fazer um enxoval maior e com melhor qualidade. Outro ponto que pesou na compra, segundo Camila, foram os serviços oferecidos pela construtora, que promoveu o sistema de iluminação, oferecendo profissionais qualificados para as instalações complementares, tanto de técnicos quanto de engenheiros e até contador.

Segundo Felipe Bicalho, gerente financeiro e de operações da Arte Construtora, para fazer o diferencial, foi colocado à disposição dos clientes um serviço gratuito para manutenção do imóvel e assessoria nos mais diversos problemas domésticos. “Oferecemos, ainda, um clube de vantagens que garante descontos em academias de ginástica, pousadas e outros estabelecimentos, além de facilitar as condições para uma viagem à cidade de Miami, nos Estados Unidos. Os recém-casados aproveitam a oportunidade para fazer seu enxoval, com auxílio de guia bilíngue de compras e curtir a lua de mel.”

CREDIBILIDADE 

A dermatologista Mariana Pimenta conheceu Alexandre Namour no Rio de Janeiro. Ela nasceu e cresceu no Bairro Gutierrez e ele é natural de Campo Grande. Estão casados há um ano e, segundo ela, assim que tomaram a decisão de se unir, começaram a procurar um lugar bacana para morar. “Fizemos uma reserva já do primeiro que vimos e logo depois o compramos.” O critério, segundo o casal, foi a localização, no próprio Gutierrez, onde moram pais, parentes e amigos de Mariana.

“Encontramos o imóvel ideal, que atendia nossos gostos e nossa capacidade financeira.” O apartamento foi pago à vista. Segundo Mariana, também pesaram no fechamento do negócio a funcionalidade, o preço acessível do condomínio e a credibilidade e seriedade com que o casal foi tratado pela construtora. “Em uma semana fechamos o negócio e todos os prazos foram cumpridos com exatidão”, comemora.

O que chamou muito a atenção do casal foi a varanda gourmet. Alexandre é fotógrafo e também chef de cozinha. São três quartos, um já reservado para o bebê, que chega em janeiro, duas vagas na garagem e perto do trabalho (cinco minutos), o que permite que ambos almocem em casa juntos todos os dias.

O casal já começa a planejar novos passos. “Futuramente, queremos nos mudar para um apartamento de quatro quartos, mas sem perder essa característica de ser perto de tudo.”(UAI)

0 comentários:

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP