Pesquize em toda a Web

Intenção da baixa renda em comprar imóvel quase triplicou em dois anos

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

O número de brasileiros de baixa renda que pretendem comprar um imóvel quase triplicou em dois anos. No último trimestre de 2008, 2,6 milhões de consumidores que pertenciam às classes C, D e E tinham a intenção de adquirir a casa própria nos próximos 12 meses. Em 2010, 7,5 milhões tinham essa intenção – um aumento de 188%.

De acordo com a pesquisa, ao todo, 9,1 milhões de pessoas pretendem realizar a compra ao longo deste ano, ao passo que no último trimestre de 2008, eram 4,2 milhões.

Por classe
Do total de brasileiros que pretendem realizar a compra, 47% são da classe C – o que equivale a 4,3 milhões de famílias.

Somente o número de brasileiros que pertencem a esse segmento da população e que têm a intenção de realizar o sonho da casa própria, o aumento foi de 187% em dois anos. Já entre os que pertencem às classes D e E, a elevação na intenção foi de 190%.

O percentual das classes D e E que querem comprar a casa própria passou de 26% para 36% no período. Ao todo, 3,2 milhões de famílias desse segmento da população pretendem comprar um imóvel - uma elevação de 190% na comparação com 2008, quando 1,1 milhão tinham essa intenção.

Já 17% dos que têm a intenção de adquirir um imóvel nos próximos 12 meses pertencem às classes A e B. Esse percentual representa 1,6 milhão de famílias desse segmento. Na comparação com 2008, não houve alteração no número absoluto.

Mercado potencial
De acordo com a pesquisa, como a proporção de pessoas com imóvel próprio é menor na baixa renda, a maior demanda desse mercado se concentra nesse segmento da população. “Além disso, a população da base da pirâmide é muito mais jovem do que a das classes A e B, e vai concentrar a formação futura de novas famílias”, avaliam os pesquisadores.

Considerando o tipo de imóvel, 4,9 milhões de pessoas querem comprar casa, 1,9 milhões apartamentos e 884 mil famílias pretendem comprar terrenos.(Infomoney)

1 comentários:

Sr. Imóveis 3 de fevereiro de 2011 20:23  

Fica claro q o poder d compra das classes mais baixas aumentou! Queira ou não o brasil economicamente fica cada vez mais próspero!

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP