Pesquize em toda a Web

Rio: Pesquisa do CRECI-RJ revela que procura por imóveis aumentou 60%

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Crédito farto, juros mais acessíveis e prazo alongado têm contribuído para aquecer o mercado imobiliário, que não para de bater recordes. O vice-presidente do Conselho Regional de Corretores do estado (Creci-RJ), Edécio Cordeiro, ressalta que só este mês, a demanda cresceu 64%. "Vivemos um momento histórico no Rio e no Brasil inteiro. Empreendimentos são vendidos em apenas 24h", lembra Cordeiro. Segundo ele, a estabilidade da economia e a ampla oferta de crédito imobiliário principalmente para baixa renda também têm ajudado para o bom desempenho do setor.

"A revitalização da Zona Portuária e a criação das unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) nas comunidades carentes também contribuíram para a expansão da demanda por imóveis no estado, reabilitando áreas antes degradadas ou evitadas pelas construtoras por causa da insegurança", diz Cordeiro. Ele informou ainda que o bairro que lidera a procura por imóveis é a Tijuca, com quatro UPPs, além da Barra da Tijuca e de praticamente toda a Zona Sul.

O crescimento aconteceu também no segmento de unidades usadas e na locação."O mercado de aluguel este ano, principalmente no segundo e terceiro trimestres, está bem aquecido. O valor dos aluguéis tem aumentado substancialmente, em algumas regiões quase 50%, mas, na média, ficou em torno de 25%", analisa Carlos Samuel, diretor de locação do Creci-RJ.

Em relação aos imóveis usados, de acordo com levantamento realizado com entidades do setor, houve crescimento de 25% nas vendas, no primeiro semestre, em comparação ao mesmo período do ano passado. A estimativa é de que existam mais de 1 milhão de imóveis usados disponíveis no Estado do Rio.

Número de corretores cresce 917% em cinco anos no Estado
Por conta do boom do mercado imobiliário, o Creci-RJ registrou aumento expressivo na procura pela profissão de corretor de imóveis. Este ano, 3.307 profissionais ingressaram no mercado, representando um aumento de 6,78%, se comparado com 2009, quando houve 3.097 inscrições no conselho. Se comparado com o ano 2005, quando foram 325 inscrições, a diferença é de 917,53%. Atualmente, mais de 34 mil profissionais da intermediação imobiliária atuam no mercado do Estado do Rio.(ODia On Line)

0 comentários:

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP