Pesquize em toda a Web

Hotéis e condomínios residenciais de luxo invadem vetores Norte e Sul de BH

quarta-feira, 15 de setembro de 2010



Bangalôs do Mercure Hotel & Spa Macacos terão linda vista para a mata preservada (Ricardo Carneiro/Divulgação
)
Bangalôs do Mercure Hotel & Spa Macacos terão linda vista para a mata preservada

A partir de março, empreendimentos milionários no setor hoteleiro e condomínios residenciais de luxo vão começar a mudar a paisagem dos vetores Norte e Sul da capital mineira. Com investimento que deve alcançar a marca de R$ 1 bilhão, o condomínio de casas Reserva Real, em Jaboticatubas, a 45 quilômetros de Belo Horizonte, recebeu no fim de agosto a licença de instalação e já deve ter as primeiras unidades vendidas no próximo mês. O empreendimento do grupo português Design Resorts prevê a construção de 5.352 residências em uma área de 11,7 milhões de metros quadrados que ainda incluirá aeroporto, campos de golfe, resort, complexo hípico e um centro comercial.

Apesar da tabela de valores de venda dos imóveis não estar definida, o autor do projeto e arquiteto do empreendimento Manoel Brancante calcula que o metro quadrado dos lotes seja comercializado na faixa de R$ 250 a R$ 300. “O imóvel pronto deve ter valor entre R$ 2,2 mil e 2,5 mil, o metro quadrado”, estima. Das 5.352 unidades previstas, 3,5 mil serão de casas prontas. O espaço restante será composto por lotes. “Em março de 2012, serão entregues as primeiras casas e todo o condomínio será finalizado ao longo de seis anos”, afirma o presidente do grupo, José Miguel Tavares Roque Martins. Para dezembro de 2011 está prevista a entrega do complexo hípico, primeira etapa do projeto.

O lançamento oficial está previsto somente para março do ano que vem, mas a partir de 13 de outubro, as primeiras unidades já serão comercializadas. “Temos uma lista de cerca de 100 pessoas que entraram em contato conosco previamente de forma espontânea com interesse em adquirir um imóvel no condomínio. Vamos vender, inicialmente, para esses clientes e, futuramente, por 
O arquiteto do condomínio residencial de luxo que será construído em Jaboticatubas, Manoel Brancante. 'O imóvel pronto deve ter valor entre R$ 2,2 mil e 2,5 mil, o m²' (Reprodução: www.anabartira.com.br)
O arquiteto do condomínio residencial de luxo que será construído em Jaboticatubas, Manoel Brancante. "O imóvel pronto deve ter valor entre R$ 2,2 mil e 2,5 mil, o m²"
meio de corretoras”, planeja José Miguel. Serão 80 modelos de casas com tamanhos que variam de 120 a 350 metros quadrados. “Os proprietários dos lotes terão liberdade para construir, mas dentro dos limites de estética impostos para garantir a beleza do conjunto. Se em cinco anos a casa não estiver pronta, já começam a incidir multas”, explica José Miguel. A expectativa é de que o condomínio tenha 20 mil moradores até a conclusão do projeto.

Na outra ponta da cidade, na estrada para o Distrito de Macacos, também em março, será iniciada a construção do Mercure Hotel & Spa Macacos, a 10 quilômetros do BH Shopping. O projeto é do grupo XPTO Empreendimentos Imobiliários S.A, composto por 50 investidores. Com aporte de R$ 30 milhões, o hotel, no formato horizontal composto por 90 unidades parecidas com bangalôs, ocupará uma área de 70 mil metros quadrados, dos quais 50 mil serão de mata preservada.

“A construção será feita pela Líder e a operação pela Accor, a princípio pela bandeira Mercure. Nosso foco será em eventos de negócios e para isso teremos oito salas de convenções”, afirma Leonardo Vilela de Paula, presidente do conselho de administração e diretor-presidente da XPTO. A previsão é de que o projeto seja finalizado em 2012 e que o hotel abra as portas em 2013. Durante as obras estima-se a criação de 330 postos de trabalho diretos. Para a operação do empreendimento serão necessários 90 funcionários.(EstadoMinas)

0 comentários:

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP