Pesquize em toda a Web

Fannie Mae tem prejuizo no semestre e pede mais ajuda

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

NOVA YORK - A gigante americana do ramo imobiliário Fannie Mae informou hoje que perdeu US$ 37,922 bilhões na primeira metade de ano, US$ 14,754 bilhões apenas no segundo trimestre, e anunciou que precisará de mais ajuda pública para se manter de pé. A empresa já soma oito trimestres consecutivos de perdas.
Assim como a Freddie Mac, teve que ser socorrida em setembro de 2008 pelo Governo americano para evitar sua quebra, o que teria consequências catastróficas para o mercado hipotecário americano.
Com sede em Washington, a companhia calcula precisar de mais US$ 10,7 bilhões do Departamento do Tesouro americano, o que se somaria aos US$ 19 bilhões recebidos em junho e aos US$ 15,2 bilhões de março, e ainda pediu que a injeção de capital seja feita antes do final de setembro.
Em comunicado emitido após apresentar seus resultados, a Fannie Mae explicou que a inadimplência de cidadãos que perderam seus empregos ou que não podem pagar suas hipotecas devido à recessão econômica nos EUA se somou à queda do mercado imobiliário americano, que derrubou os preços dos imóveis.
No primeiro semestre do ano, a companhia registrou perdas líquidas de US$ 37,922 bilhões. No mesmo período do ano anterior, o resultado foi negativo em US$ 4,486 bilhões.
A perda por ação nos seis primeiros meses deste ano foi de US$ 6,76 dólares, frente aos US$ 5,11 perdidos no mesmo período de 2008. A renda líquida por juros subiu para US$ 6,983 bilhões no primeiro semestre, mais do que os US$ 3,747 bilhões de um ano atrás.
As ações da Fannie Mae, que ganharam quase 4% neste ano até agora, avançara, 6,76% durante a sessão regular em Wall Street e fecharam a US$ 0,79. Nas operações eletrônicas posteriores, perderam mais de 12%.
(UltimoSegundo)

0 comentários:

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP