Pesquize em toda a Web

Os Invasores, a ocupação desordenada e a degradação do meio ambiente.

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Conforme matéria publicada hoje, 28, no Jornal “O Estado de Minas” a COPASA informou que até 2014 a região da Pampulha estará com 100% de seu esgoto tratado e a Lagoa da Pampulha em condições de se praticar a natação, pesca e navegação. Antes mesmo da Copa, em 2012, promete a conclusão das obras de saneamento, com a instalação de interceptores de esgotos em Contagem, região metropolitana e Belo Horizonte. “A COPASA investirá R$ 60 milhões” informou o Superintendente de Serviços e Tratamento de Efluentes, Ronaldo Matias.
Segundo ele, um desafio a ser vencido pela COPASA juntamente com a Prefeitura de Belo Horizonte são as Vilas e Favelas existentes próximas aos afluentes da Lagoa da Pampulha.
A Prefeitura de Belo Horizonte, também esta fazendo sua parte através dos programas habitacionais dirigidos à população de baixa renda tais como o PAR, o Vila Viva etc. As favelas estão sendo urbanizadas e a população das áreas de risco ganhando moradias seguras e humanizadas.
Com isto, há muitos anos não se vê a criação de ,aglomerados em Belo Horizonte, demonstrando que a política habitacional da PBH mesmo não conseguindo realocar todos os necessitados está conseguindo deter a proliferação de mais favelas.
Indo ao sentido contrário da PBH, recentemente desde 09/04, o MST (Movimento dos Sem Terra), o Movimento Brigadas Populares, a Comissão Pastoral da Terra (CPT), apoiados por alguns políticos e autoridades, organizaram a invasão de um terreno particular na região da Pampulha, entre os bairros Trevo, Garças e Céu Azul. Num ato de puro vandalismo e aproveitando a primeira madrugada de um feriado prolongado, arrebentaram as cercas, invadiram o terreno e instalaram ali suas barracas, como já denunciado em postagens anteriores desse Blog.
Mas o que queremos alertar neste post, é o grande mal que esta invasão está fazendo para a região. Além da proliferação dos arrombamentos de residências, assaltos, roubos de veículos e outros pertences em níveis alarmantes, a degradação ambiental é enorme.
Existe no terreno várias nascentes que formam o Córrego Olhos D’Água, que é um afluente que deságua na parte norte da Lagoa da Pampulha, sendo que as mesmas estão sendo assoreadas e tendo as arvores que as protegem em seu entorno, cortadas e usadas para construírem sua barracas ou serem queimadas em fogueiras á noite.
Os dejetos da invasão estão sendo todos jogados dentro destas nascentes e, consequentemente para a Lagoa da Pampulha indo totalmente contra os projetos de saneamento para a área.
Segundo o relato de uma moradora do bairro Enseada das Garças, que costumava, antes, levar o filho para brincar na área verde, agora invadida, um dos pequenos cursos d’águas originado de uma das nascentes, está agora totalmente poluído com lixo e fezes humanas. "- Está impraticável passar pelo local, não apenas pelo medo que todos estamos sentindo, mas também pelo mau cheiro" disse a mesma.
Pedimos às autoridades que se pronunciem e façam alguma coisa, pois como já é conhecido e noticiado, a população da região é irredutivelmente contra a invasão, pois além da degradação do meio ambiente, elevou a níveis alarmantes a criminalidade na região.
Veja mais em (Blog Invasão Dandara)

0 comentários:

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP